Seja responsável: use o cinto de segurança no banco de trás

Segundo estudo da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego), o uso do cinto de segurança reduz o risco de morte em 45% no banco dianteiro e até 75% no banco traseiro.

Os ortopedistas da SBOT, especialmente aqueles que se dedicam à Ortopedia Pediátrica, apoiam e incentivam a Resolução 277 do Conselho Nacional de Trânsito, que regulamente o transporte de crianças no carro.
Não se esqueça: A responsabilidade pela proteção da criança no carro é sua, saber como usar a cadeirinha ou o cinto de segurança da maneira correta é nosso dever.

Baixe o folder

Você Sabia que:

  1. O Brasil é o campeão mundial em acidentes de trânsito. Sendo eles a principal causa de morte de crianças com idade entre 1 e 14 anos?
  2. Mais de 2 mil crianças e adolescentes morrem anualmente no Brasil em acidentes de carro?
  3. Uma criança que pesa 10kg é lançada para frente com um peso equivalente a 500kg em um acidente a 50km/h?
  4. A maioria dos acidentes ocorre em trajetos curtos e em velocidades baixas e médias, por exemplo, entre a casa e a escola?

Lugar de Criança é no Banco Traseiro!

  1. De 1 ANO: Utilize as cadeirinhas de segurança do tipo bebê conforto, de costas para o movimento do carro. A cadeira deve estar presa pelo cinto de segurança e não pode se mover mais de 2cm para os lados.
  2. De 1 a 4 ANOS: Nessa idade, a recomendação é usar as cadeirinhas que são presas pelo cinto de segurança, preferencialmente os de três pontos sempre na direção do movimento do veículo.

Transporte seu Filho com Segurança!

  1. De 4 a 7 ANOS: O recomendável é utilizar os assentos de segurança de elevação, do tipo Booster. Eles ajudam a adequar o cinto do carro ao tamanho da criança e garantem o ajuste correto no ombro e cintura.
  2. De 7 a 10 ANOS: A partir desta idade, a criança não precisa mais do assento de elevação. Ela deve ser transportada apenas no assento traseiro utilizando o cinto de segurança. Lembre-se de se certificar de que ela esteja usando corretamente o cinto.